Segunda, Junho 01, 2020
Follow Us
3 fases que os crentes vão passar - Alex Figa

Sonho de 29 de março 2020

Tenho estado em oração com o Pai, pedindo discernimento, firmeza na fé e conselhos para o futuro. Para alem de ter falado comigo sobre imensos assuntos, me brindou com 3 sonhos que quero compartilhar.

Estes sonhos foram encadeados e podem ser interpretados numa linha cronológica.

Primeiro sonho: “Tenho uma plantação, mas ainda não estão a dar frutos.” Deus me faz perceber que estou num tempo de espera para os meus frutos. “Estou preocupada em criar raízes e que as plantas cresçam e criem novos brotos para dar no futuro muito fruto. Saio dali e vejo alguém a fazer pão, a produzir alimento. Esse pão é depois passado a outros através de uma conduta de ar estreita, sem contato direto com a outra pessoa que, do outro lado da conduta, vasculha o lugar estreito para ver se consegue encontrar o pão que precisa para se alimentar.” Deus me faz perceber que os verdadeiros profetas fazem o pão, mas a distribuição não é a melhor, somente quem procura, encontra o pão que é produzido. “Sinto-me sempre como que se não fosse suficiente, a estratégia é muito limitada. “Como podemos chegar aos mendigos que nem sabem o sabor do pão, nem onde o procurar?

“Logo de seguida vejo uma outra mulher que se vangloria e diz eu vejo, eu falo com Deus, anda comigo. E vejo um mendigo a se aproximar ea ir com ela. Ela deixa para trás umas roupas que lhe pertencem e eu fico ansiosa por lavar. Eram lingeries vermelhas, transparentes e de tecido plástico. Eu penso no sonho e digo alto: _Mas como é que na sexta-feira à tarde ainda há quem use isto, ainda se fossem roupas confortáveis, e esfregava e esfregava aquela roupa, para poder tirar aquilo do caminho e arrumar. Vejo que há pessoas que se encantam com essas roupas e agem como se fosse gatos com erva de gatos” Interpretação: São os falsos profetas, que dizem que têm intimidade com Deus, mas usam roupas de prostituta.2

Acordo, interpreto e volto a adormecer.

Segundo sonho: “Estou num barco com a minha mãe e começa a chover garrafas de água, com água no interior. As garrafas são de vários tipos e para todos os gostos. Eu começo a pedir para apanharem o máximo de garrafas, pois muitas caíam fora do barco e vou empilhando as garrafas. Vejo algumas que gostaria para mim. Entretanto depois da chuva de garrafas, escolho uma e é me pedido que abra o selo da garrafa, antes de baterem as doze badaladas. Eu raspo e raspo com as unhas, sem efeito. Vou buscar instrumentos e também sem efeito e quando ouço o início das doze badaladas, levo à boca e com os dentes quebro o selo à segunda badalada. Quando o selo se abre aparece uma flor grande e bonita e eu fico muito entusiasmada, mas vejo que poucos abriram a garrafa e quando vou para ir buscar outra garrafa, pois havia muitas, vejo que não sobra mais nenhuma. Várias pessoas levaram cada uma a sua garrafa, mas tantos não as conseguiram abrir.

Interpretação: Ao soar as doze badaladas, ao entrarmos no sabat – sábado, vamos ter a chuva de água viva, a chuva do espírito santo que vai cair sobre nós, mas nós temos de abrir o selo que a cobre, que sejamos dignos disso. Vejam que por muito que usasse instrumentos ela não abriu, só abriu quando a levei à boca, com a capacidade que Deus nos deu, os dentes. Oremos para abrir o selo. A água viva é uma grande flor que produzirá fruto em nós.

Terceiro sonho: Estou numa espécie de desafio. Tenho de atravessar um determinado espaço com salas e corredores e chegar a uma meta. No final alguém me aguarda. Estou treinada e confiante. Saí do local de onde estou e começo a correr, mas num dos corredores me deparo com uma grande cobra, maior que uma grande Anaconda, que mal me vê vem a correr na minha direção para me comer. Corro para o ponto de partida, onde tinha um pequeno armário com uma porta e uma pequena janela. Entro e fecho a porta a tremer. Vejo que tenho na minha mão algo que a atrai, então eu atraio-a pela janela, assim que ela começa a entrar, saio e fecho a porta. Então corro e corro, com todas as minhas forças e sempre pensando. – Não olhes para trás, não olhes para traz. Cada vez o meu medo vai aumentando, à medida que me aproximo da meta, pois cada vez mais a ouço mais perto, com o som da sua língua. Muito perto da meta chego a pensar, ela vai tragar-me, não vou conseguir, mas chego à meta.

Interpretação: Estamos nos tempos de tribulação. Nós só temos de chegar ao fim e passar a meta. A Serpente está à nossa espera e mal nos vê vem sobre nós. Nós temos o que é preciso, temos de ser mais astutos do que ela e nunca, nunca olhar para trás. Tal como a mulher de Ló. Correr e fugir, sem nunca olhar para trás. Focados somente na meta. Á medida que nos vamos aproximar o medo vai aumentar, o som do mal vai ser estridente, mas tenham fé e firmeza e somente corram para chegar à meta.

Deus com isto deu-me três conselhos e mostrou-me o que fazer.

No primeiro sonho vejam que era sexta-feira à tarde, as últimas horas antes do sabat – sábado , do dia do Senhor. Solidifiquem a vossa fé, trabalhem para criar raízes e plantem. Os frutos não dependem diretamente de vós, mas o plantio e as raízes sim. De seguida mostrou-me duas mulheres, uma que alimenta – com a palavra de Deus verdadeira, ainda que por caminhos estreitos, em que aqueles que procuram conseguem encontrar um pão aqui outro ali e se alimentar. E outra, uma que se declara igreja, mas que se veste com roupas do pecado, de cor escarlate, e que atrai para ela pessoas inocentes, corrompendo-as com o encanto das suas vestes.

No segundo sonho é o tempo da transição, onde esperamos a chuva do espírito santo. Orem para abrir a garrafa e quebrar o selo. É com a boca e com as capacidades que Deus nos deu que o selo se quebra. Não é com instrumentos, nem com atos físicos . O terceiro sonho é o tempo direto da tribulação. É tempo de correr e não olhar para trás. Vocês estão treinados. Deus nos capacitou. Não temam, pois é o medo que nos quebra. Ao chegar perto da meta, lembrem-se Deus irá encurtar esse tempo, pelos seus escolhidos, para que cheguem à meta. Plantem no primeiro sonho fé e firmeza nos vossos corações. Orem o tempo todo para quebrar o selo e receber a preciosa flor no vosso coração e corram sem temer, com toda a confiança em Deus.

Que estas palavras de Deus fiquem marcadas no vosso coração e se lembrem delas nos tempos que virão. Que Deus Pai vos faça recordar delas a todo o tempo, pois sei que é luz e verdade.

Que seja feita a vontade de Deus em cada um e em mim.

-

Publicado originalmente em português  e inglês por 444 prophecy News:

3 fases que os crentes vão passar - Alex Figa / 3 phases that believers will go through – Alex Figa

Log in or Sign up

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd