Terça, Junho 02, 2020
Follow Us
Cuidado meus Filhos!! - Alan Carrico

Olá meu filho, este é Jeová Elohim falando hoje com você.

Cuidado, meus filhos, pois o maligno está à espreita. Ele logo assumirá seu estado final como o anticristo e você verá isso. Sim, antes que ele seja apresentado ao mundo, eu o revelarei aos Meus filhos, pois sempre revelo Meus planos aos Meus amados filhos antes de fazê-los. Pressionem-se em Mim como nunca antes e eu lhes mostrarei mistérios que estão ocultos no mundo.

Em breve, os militares americanos sofrerão uma derrota esmagadora, pois um de seus navios oceânicos será destruído. Isso levará a uma perseguição cada vez maior sobre sua terra natal. A agitação levará a muitas mortes em sua terra, e então sua economia finalmente não existirá mais. Faço isso apenas como julgamento por causa do pecado grave que foi cometido por sua nação. Seus inimigos cheiram a sangue na água e se movem rapidamente contra você agora.

Não desanime, Meus preciosos filhos, pois estes foram preditos há muito tempo. Digo a você, é um privilégio estar vivendo neste momento da história, pois os profetas da antiguidade desejavam ver com seus próprios olhos o que você está prestes a ver. Aqueles que estão perto de Mim e no relacionamento correto, protegerei e proverei de maneiras surpreendentes, portanto não temam! Você está prestes a ver coisas em que não acreditaria, mesmo que lhe dissessem. Preparem seus corações, Meus filhos, porque EU SOU está movendo os céus para vocês.

Jeremias 23 (NVI)
Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto! diz o Senhor. 2 Portanto, assim diz o Senhor Deus de Israel contra os pastores que alimentam o meu povo; Espalhareis o meu rebanho, e os expulsaste, e não os visitei; eis que visitarei sobre vós o mal dos vossos feitos, diz o Senhor. 3 E reunirei o restante do meu rebanho de todos os países para onde os levei, e os trarei de novo; e eles serão frutíferos e aumentarão. 4 E porei sobre eles pastores que os alimentarão; e eles não terão mais medo, nem se assustarão, nem estarão ausentes, diz o Senhor. 5 Eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um ramo justo, e um rei reinará e prosperará, e executará juízo e justiça na terra. 6 Nos seus dias, Judá será salvo, e Israel habitará em segurança; e este é o seu nome pelo qual ele será chamado: O Senhor Nossa Justiça. 7 Portanto, eis que vêm os dias, diz o Senhor, em que não dirão mais: Vive o Senhor, que tirou os filhos de Israel da terra do Egito; 8 Mas vive o Senhor, que criou e conduziu a semente da casa de Israel para fora da região norte, e de todos os países para onde eu os levara; e eles habitarão em sua própria terra. 9 Meu coração dentro de mim está partido por causa dos profetas; todos os meus ossos tremem; Eu sou como um homem bêbado, e como um homem que o vinho venceu, por causa do Senhor e por causa das palavras de sua santidade. 10 Porque a terra está cheia de adúlteros; porque, por causa do juramento, a terra chora; os lugares agradáveis ​​do deserto estão secos, e seu curso é mau, e sua força não é correta. 11 Pois profeta e sacerdote são profanos; sim, em minha casa achei a maldade deles, diz o Senhor. 12 Portanto o seu caminho lhes será como escorregadio nas trevas; serão impelidos e cairão nela; porque trarei sobre eles o mal, mesmo o ano da sua visitação, diz o Senhor. 13 E eu tenho visto loucura nos profetas de Samaria; eles profetizaram em Baal, e fizeram com que meu povo Israel errasse. 14 Vi também nos profetas de Jerusalém uma coisa horrível: cometem adultério e andam em mentiras; fortalecem também as mãos dos malfeitores, para que ninguém volte da sua iniquidade; todos eles são para mim como Sodoma, e seus habitantes como Gomorra. 15 Portanto, assim diz o Senhor dos exércitos, acerca dos profetas; Ver, Eu os alimentarei com absinto e os farei beber a água do fel, porque dos profetas de Jerusalém é profanação que se espalhou por toda a terra. 16 Assim diz o Senhor dos exércitos: Não dê ouvidos às palavras dos profetas que vos profetizam; eles vos tornam vaidosos; falam uma visão do seu próprio coração, e não da boca do Senhor. 17 Dizem ainda aos que me desprezam: O Senhor disse: Tereis paz; e dizem a todo aquele que anda segundo a imaginação do seu coração: Nenhum mal cairá sobre você. 18 Pois quem esteve no conselho do Senhor, e percebeu e ouviu a sua palavra? quem marcou a sua palavra e a ouviu? 19 Eis que um furacão do Senhor sai furioso, um furioso turbilhão; cairá gravemente sobre a cabeça dos ímpios. 20 A ira do Senhor não voltará, até que ele execute, e até que ele execute os pensamentos de seu coração: nos últimos dias você deve considerá-lo perfeitamente. 21 Ainda não enviei esses profetas, mas eles fugiram; não lhes falei, mas eles profetizaram. 22 Se, porém, seguissem o meu conselho e fizessem com que o meu povo ouvisse as minhas palavras, eles os teriam desviado do mau caminho e do mal de seus atos. 23 Eu sou um Deus próximo, diz o Senhor, e não um Deus distante? 24 Pode alguém se esconder em lugares secretos que eu não o verei? diz o Senhor. Não encho o céu e a terra? diz o Senhor. 25 Ouvi o que os profetas disseram, que profetizam mentiras em meu nome, dizendo: Sonhei, sonhei. 26 Até quando isso estará no coração dos profetas que profetizam mentiras? sim, eles são profetas do engano de seu próprio coração; 27 Que pensam em fazer com que o meu povo esqueça o meu nome pelos seus sonhos, que eles dizem a cada homem ao seu próximo, como seus pais se esqueceram do meu nome para Baal. 28 O profeta que tem um sonho, conte um sonho; e quem tem a minha palavra, fale fielmente a minha palavra. Qual é o joio do trigo? diz o Senhor. 29 Não é a minha palavra como fogo? diz o Senhor; e como um martelo que quebra a rocha em pedaços? 30 Portanto, eis que sou contra os profetas, diz o Senhor, que roubam minhas palavras cada um ao seu próximo. 31 Eis que sou contra os profetas, diz o Senhor, que usam a língua deles, e dizem: Ele diz. 32 Eis que sou contra os que profetizam sonhos falsos, diz o Senhor, e os dizem, e fazem com que o meu povo erre por suas mentiras e por sua leveza; contudo eu não os enviei, nem lhes ordenei: portanto, de nenhuma maneira beneficiarão este povo, diz o Senhor. 33 E quando este povo, ou o profeta, ou o sacerdote, te perguntar, dizendo: Qual é o fardo do Senhor? então lhes dirás: Que fardo? Eu te abandonarei, diz o Senhor. 34 E quanto ao profeta, e ao sacerdote, e ao povo, que dirão: O fardo do Senhor, punirei até esse homem e sua casa. 35 Assim direis cada um ao seu próximo, e cada um ao seu irmão: O que o Senhor respondeu? e: O que o Senhor falou? 36 E o fardo do Senhor não mencionareis mais; porque a palavra de todo homem será o seu fardo; porque pervertestes as palavras do Deus vivo, do Senhor dos exércitos, nosso Deus. 37 Assim dirás ao profeta: Que te respondeu o Senhor? e: O que o Senhor falou? 38 Mas desde que dizeis: O fardo do Senhor; portanto, assim diz o Senhor; Porque dizeis esta palavra: O fardo do Senhor, e eu vos enviei, dizendo: Não direis: O fardo do Senhor; 39 Portanto, eis que eu, eu mesmo, te esquecerei completamente, e te desampararei, e a cidade que te dei e seus pais, e os expulsarei de minha presença. 40 E trarei sobre você uma repreensão eterna e uma vergonha perpétua, que não será esquecida.

Isaías 16 (NVI)
Enviai o cordeiro ao governador da terra, de Sela ao deserto, ao monte da filha de Sião. 2 Porque, como um pássaro errante lançado fora do ninho, assim as filhas de Moabe estarão nos vaus de Arnon. 3 Tome conselho, execute julgamento; faz a tua sombra como a noite no meio-dia; esconder os párias; não rejeites aquele que vagueia. 4 Os meus exilados habitam contigo, Moabe; Sê oculto para eles desde a face do despojador; porque o extorsor está no fim, o despojador cessa, os opressores são consumidos fora da terra. 5 E com misericórdia será estabelecido o trono; e ele se assentará sobre ele na verdade no tabernáculo de Davi, julgando e buscando julgamento, e apressando a justiça. 6 Ouvimos falar da soberba de Moabe; ele tem muito orgulho: até da sua arrogância, orgulho e ira; mas suas mentiras não serão assim. 7 Portanto, Moabe uivará para Moabe, cada um uivará; porque os fundamentos de Kirhareseth lamentarão; certamente eles estão atingidos. 8 Porque os campos de Hesbom definham e a vinha de Sibmah; os senhores das nações despedaçaram as suas principais plantas; vieram até Jazer, e vagaram pelo deserto; o mar. 9 Por isso chorarei com o pranto de Jazer, a videira de Sibma; te regarei com lágrimas, ó Hesbom e Eleale; porque caíram os gritos pelas tuas frutas do verão e pela colheita. 10 E a alegria é retirada, e a alegria do campo abundante; e nas vinhas não haverá canto nem júbilo; os pisadores não pisarão vinho nas suas prensas; Fiz cessar a gritaria deles. 11 Portanto, as minhas entranhas parecerão harpa para Moabe, e as minhas partes interiores para Kirharesh. 12 E, quando for visto que Moabe está cansado no alto, ele virá ao seu santuário para orar; mas ele não deve prevalecer. 13 Esta é a palavra que o Senhor falou a respeito de Moabe desde aquela época. 14 Mas agora o Senhor falou, dizendo: Dentro de três anos, como os anos de um mercenário, e a glória de Moabe será contemplada, com toda aquela grande multidão; e o remanescente será muito pequeno e débil. 13 Esta é a palavra que o Senhor falou a respeito de Moabe desde aquela época. 14 Mas agora o Senhor falou, dizendo: Dentro de três anos, como os anos de um mercenário, e a glória de Moabe será contemplada, com toda aquela grande multidão; e o remanescente será muito pequeno e débil. 13 Esta é a palavra que o Senhor falou a respeito de Moabe desde aquela época. 14 Mas agora o Senhor falou, dizendo: Dentro de três anos, como os anos de um mercenário, e a glória de Moabe será contemplada, com toda aquela grande multidão; e o remanescente será muito pequeno e débil.

-
Publicado originalmente em inglês por 444 Prophecy News


O artigo original pode ser encontrado aqui


Log in or Sign up

Our website is protected by DMC Firewall!