Sexta, Setembro 17, 2021
Follow Us
Estamos orando - Ruth Johnson

Minhas orações fluem em lágrimas
Caem no chão
Torne-se um riacho descendo
Montanhas e ravinas
Enchendo poças, transbordando,
Encharcando a terra estéril.

As orações do outro estão se juntando,
Suas próprias lágrimas transbordando,
Elas correm pela areia
Em grandes riachos,
Encontrando-se com as minhas.
Eles se tornam um rio poderoso,
Corredeiras sobre pedras,
Salpicando alto no céu,
Pegue o sol, brilhe e brilhe
Em incontáveis ​​pequenos arco-íris.
Irrestrito como a chuva,
Santas orações de tristeza,
Trabalhando duro para lavar
Os passos do ladrão.
Pois ele pisou em toda a terra
Desde que ele mergulhou para a terra,
então sua prole se juntou imediatamente
Uma vez que eles nasceram.
Seu exército caído seguiu o exemplo
Agitando pelas florestas Em
busca de comida viva
Répteis, pássaros, bestas e humanos,
Rasgando nossas raízes,
Jogando-nos como forragem
Sobre o campo
Em sua matança profana
Até a inundação eles morreram.
A terra foi lavada e limpa,
Seus corpos enterrados,
Ossos de gigante na lama e lama,
Junto com outras criaturas
E homens naquela inundação,
Os homens que seguiram
Com os mortos mortos,
Cometeram o mal na terra,
Suas famílias também foram cobertas.
A raça humana acelerou o ritmo,
começou a procriar.
As feras e pássaros, répteis, rebanhos
Correram para acompanhar,
A terra repovoar.
Arco-íris seguiu chuva,
Um sinal de Deus,
Não importa o que
Ele não iria nos afogar novamente.
Entre as boas sementes cresceram ervas daninhas,
Multiplicadas como loucas,
Semeadas nos corações dos homens
Todas as suas velhas maldades.
Homens compraram de novo,
Mesmo cultivando-os,
Cresceu-os em seus quintais
Em vez de enxá-los e enxá-los.
Suas raízes cresceram até o centro
da grande terra de Deus.
Mas não para sempre.
Pois o Senhor tem um remanescente
Espalhado pelas nações,
Um povo nascido para habitar no desprezo,
Os justos plantados e adornados
Com frutos benditos
Os maus desaprovam,
Quer aniquilá-los.
Mas eles não terão sucesso,
Essas ervas daninhas sufocantes e nocivas.
Aquele que fez o jardim
não tolerará por muito tempo
aqueles que semearam o joio
entre os seus frutíferos.
Ele os deixou florescer,
permitiu-lhes crescer
Para nos mostrar toda a diferença,
E agora nossas orações fluem
Para Aquele que habita acima,
Seu povo que Ele tanto ama,
Rezando lágrimas para Ele
Para arrancar todas as ervas daninhas
E jogá-las no fogo.
Ele disse que não iria nos afogar,
Mas Seus fiéis,
Os que buscam Seu Filho,
não prometeram isso.
Agora nossas orações vão afogar o mundo
À medida que liberamos nossa represa de lágrimas,
Fluindo juntos, lavando-a limpa,
Crista pela terra,
Pulando dos penhascos,
Caindo nos mares,
Lavando as dores
causadas pelos caídos
Muito, muito tempo atrás .
Eu só quero que eles saibam ...
Estamos orando.

-
Publicado em inglês por 444 Prophecy News:
We are Praying – Ruth Johnson

Log in or Sign up