Segunda, Abril 06, 2020
Follow Us
Poema

É hora de sair do buraco
É hora de parar de ser uma toupeira
são cegas
Não vêem o céu,
é hora de sair do buraco.

Poema

Oh, sinto sua falta, Meu Pai,
mas você me deu amigos,
amigos bons e verdadeiros,
e a lista nunca acaba.
Mas, por favor, Pai,

Poema

No brilho de um olho,
Ele nos mudará,
No brilho de um olho,
Ele nos libertará,
Da dor de todas as dores de dente podres,
Da artrite, câncer, gripe
E miséria.

Poema

Naqueles dias a
raça eleita e santa
descerá do
céu superior,
e sua semente será então
com os filhos dos homens.
Enoque recebeu
livros de indignação,e ira,

Poema

Ó meu senhor! Estou alarmada!
Esta semente que Satanás semeou,
esta doença, meu Senhor,
e a chama de nossa!

Log in or Sign up

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd