Segunda, Abril 06, 2020
Follow Us
Grupo afirma ter DNA de participantes do Fórum de Davos de 2018 e será leiloado

Não se sabe se a dita Coleção Davos de informação genética dos participantes do Fórum de Davos é legítima, mas a intenção expressa do Projeto Earnest é aumentar a consciência sobre o tema.

Os gigantes da tecnologia já têm acesso a informações pessoais sobre milhões de pessoas, que muitas vezes compartilham voluntariamente informações sobre suas vidas. Uma organização chamada Projeto Earnest teme que um dia nossa informação genética possa acabar nas mãos de corporações. Para impedir isso, eles decidiram encorajar os líderes mundiais a agir.

Uma organização anônima afirmou que tiraram amostras de DNA de vários líderes mundiais e celebridades, que participaram do Fórum Econômico Mundial de 2018 em Davos e estão prontos para leiloá-los, relata o portal OneZero.

De acordo com o grupo, chamado Projeto Earnest, foi coletado o lixo que os convidados VIP da reunião na Suíça descartaram, que contêm vestígios de seu material genético. A lista de participantes inclui o presidente norte-americano Donald Trump, seu colega francês Emmanuel Macron, a chanceler alemã Angela Merkel, bem como o magnata George Soros e estrelas como Elton John.

Aviso contra 'capitalismo de vigilância'

A chamada Coleção Davos, que inclui guardanapos, copos descartáveis, pontas de cigarro, cabelo ou garfos, foi catalogada e estimada, com os preços variando de US$ 1,2 mil (R$ 5,2 mil) por cabelo humano a US$ 65 mil (R$ 282,6 mil) por uma taça de vinho. No entanto, o catálogo não diz quais os traços genéticos que cada item traz.

O leilão desses artefatos, previsto para acontecer em Nova York, foi planejado para quinta-feira (20), porém foi adiado posteriormente devido a "questões legais não resolvidas", como os organizadores declararam. As informações sobre se esses itens à venda têm os vestígios de DNA dos principais políticos não podem ser verificadas, o que torna difícil saber se é um leilão real ou algum tipo de arte performativa para atrair a atenção para o problema da vulnerabilidade dos nossos dados.

De acordo com o grupo, seu principal objetivo é aumentar a conscientização sobre o "capitalismo de vigilância" quando os colossos da tecnologia podem coletar os dados mais sensíveis sobre os usuários. A preocupação da organização é que eles possam eventualmente se apoderar de nossas informações genéticas, que podem revelar doenças, ancestralidade ou relações de qualquer pessoa, e podem ser usadas para chantagem. O leilão tem como objetivo encorajar a elite a agir.

 

"Ao recolher e vender dados vitais e sensíveis colhidos das pessoas mais poderosas do planeta, esperamos encorajar uma reação visceral contra o capitalismo de vigilância entre a elite. Estamos todos constantemente depositando nosso DNA à nossa volta e em objetos descartados. Quando começamos a prestar atenção, é realmente muito fácil recolher o DNA de um alvo", disse a organização à OneZero por e-mail.


No entanto, eles têm reservas sobre possíveis reações à sua artimanha.

"A questão é se os poderosos vão só se proteger ou proteger todos nós", disse o grupo.

Fonte: Sputininknews Brasil.

Log in or Sign up

DMC Firewall is a Joomla Security extension!